Blog
01 JUN 2018
6 Dicas para não errar no presente de Dia dos Namorados

A melhor forma de deixar seu amor ainda mais apaixonado no Dia dos Namorados, é acertar no presente. Com algumas dicas, é fácil surpreender seu par e transformar o momento em algo especial!

1 – Atenção! Se você conhece bem seu amor, já deve ter prestado atenção aos tamanhos de roupas e sapatos. E você conhece as preferências também? Se tem dúvidas, analise fotos, e veja qual o estilo da pessoa. Assim fica difícil errar na escolha de uma peça do vestuário.

2 – Estilo. Todo mundo tem um estilo próprio, e com seu amor não deve ser diferente. Já sabe qual é o estilo dele (a)? As cores preferidas, séries e programas podem te dar inúmeras pistas.

3 – Passeio. Se você costuma ir ao shopping com ele (a), acompanhe e veja em quais lojas seu amor entra, quais vitrines mais olha.

4 – Peça ajuda. A mãe, irmã ou amiga da sua namorada, por exemplo, sempre sabe do que ela gosta.

5 – Sinais. Quantas vezes você já ouviu: “Ai, estou precisando de uma carteira nova”. E assim, para outros itens. Se a pessoa ainda não comprou, olha que dica de ouro!

6 – “Bisbilhote”. As redes sociais dão ótimas dicas, e neste caso, vale bisbilhotar as redes sociais da pessoa. Ali tem dicas de séries preferidas, músicas, e muitas outras coisas que vão te dar um caminho para acertar na compra.

Um presente não precisa ser caro para você ser lembrado e amado! Se a grana está curta, aquele bilhete bem escrito, flores de um jardim ou uma linda declaração em público, vai mostrar todo o seu carinho! Inspire-se e não deixe a data passar em branco.

22 MAI 2018
7 Coisas que Você Precisa Saber Sobre o Álbum da Copa

O povo brasileiro é o principal consumidor no mercado de colecionadores. E não podia ser diferente com tudo que se refere a Copa, especialmente o álbum de figurinhas. Porém, algumas curiosidades rondam o famoso álbum. Confira.

1 - Números: A fabricante do álbum produziu 57 milhões de exemplares e mais de 1,2 bilhão de envelopes com figurinhas. São 40 milhões de figurinhas por dia.

2 – Números 2: Cada envelope custa R$ 2 e vem com cinco figurinhas, portanto, R$ 0,40 cada uma. No entanto, tem vendedor oferecendo cromos valendo de R$ 5 a R$ 20. Para completar o álbum, pagando R$ 0,40 cada uma, você vai gastar R$ 272,80. São 682 cromos, sendo 50 deles especiais (brilhantes).

3 – Dados dos jogadores: Em outros álbuns, os dados dos jogadores ficavam abaixo ou do lado da figurinha. Neste ano, todos os dados vêm na própria figurinha. O motivo é pra não haver erros, e assim serão produzidas figurinhas atualizadas, conforme vão saindo as convocações.

4 – Ausências: Os jogadores da seleção de Portugal Gonçalo Guedes e Renato Sanches; da seleção da França, Payet, Tolisso, Coman e Bakayoko, não estão no álbum, embora sejam promessas do futebol mundial. O mesmo acontece com jogadores da seleção alemã: Marco Reus e Gündogan.

5 – Campeãs: as seleções que já venceram o mundial, ganharam destaque na parte final com figurinhas brilhantes.

6 – Pelé: O atleta ganhou um cromo especial brilhante, já que foi o atleta com mais títulos da competição: 1958, 1962 e 1970. 

7 – Erro e preciosidade: O atacante Roberto Firmino foi citado como jogador do Liverpool (BRA), como se o time fosse brasileiro.  Só que o time é inglês. A confusão já foi corrigida, porém, essa figurinha se tornou uma preciosidade e muitos estão em busca dela achando que vale mais por ser rara.

Se você ainda não completou seu álbum, o Shopping Della promove um encontro de troca de figurinhas. Todos os sábados, na Praça de Alimentação das 10 às 16 horas.

02 MAI 2018
Regulamento da Promoção Comprou-Ganhou

Regulamento da Promoção Comprou-Ganhou

Amor de Mãe Sai Bem na Foto Shopping Della

1. A promoção Comprou-Ganhou “Amor de Mãe Sai Bem na Foto” será realizada pelo Condomínio Shopping Center Della Giustina, com sede na Praça Dr. Nereu Ramos, 364 – Centro, CEP 88801-505 – Criciúma – SC, inscrito no CNPJ sob o nº 80.166.879/0001-85, sendo aberta a todas as pessoas físicas, maiores de 16 anos, que tenham interesse em participar.

2. A presente promoção ocorrerá no período compreendido entre os dias 02/05/2018 a 12/05/2018, podendo ser encerrada a qualquer momento, antes de referido prazo, caso ocorra o término dos brindes disponibilizados para essa promoção.

3. Na compra de R$ 300,00 (trezentos reais) em produtos nas lojas participantes do Shopping Della (exceto as exclusões dos itens 16 e 17 deste Regulamento), dentro do período desta promoção, mediante apresentação da nota fiscal e/ou cupom fiscal no Balcão de Troca da promoção, o participante terá direito a receber o brinde intitulado como: 01 (um) Porta-retratos Recado Preto Imaginarium, daqui por diante denominada simplesmente BRINDE.

4. Nesta promoção, cada participante poderá receber, no máximo, 01 BRINDE, sendo esse controle efetuado por meio do CPF do participante.

5. Serão distribuídos, nessa promoção, um total de 1.000 (hum mil) unidades do BRINDE.

6. A apresentação das notas fiscais e/ou cupons fiscais, para troca pelo BRINDE deverá ser efetuada pelos participantes no Balcão de Troca da promoção, localizado no 1º Andar do Shopping Della, que funcionará, dentro do período de vigência desta promoção, de segunda a sexta das 9h às 21h e aos sábados das 9h às 18h.

7. Para efeito de encerramento das trocas no Balcão de Troca, será considerado válido o horário dos computadores do mesmo. Por esse motivo, os cadastros e as trocas serão realizados somente para os participantes que entrarem na fila do Balcão de Troca de segunda a sexta das 09h às 21h e aos sábados das 9h às 18h, ocasião em que a fila será encerrada.

8. No momento da troca da(s) nota(s) fiscal(is) e/ou cupom(ns) fiscal(is) no Balcão de Troca pelo BRINDE, o participante deverá efetuar um cadastro caso não o possua, informando seus dados, tais como: nome e endereço completos, data de nascimento, número do CPF (obrigatório), telefones (com DDD) e e-mail, se houver, e demais dados que se fizerem necessários para o shopping. Após o cadastro ou atualização do mesmo, a(s) nota(s) fiscal(is) e/ou cupom(ns) fiscal(is) serão conferidos, terão suas informações registradas no sistema e, logo após, serão carimbados pela atendente do Balcão de Troca. Caso a soma da(s) nota(s) fiscal(is) e/ou cupom(ns) fiscal(is) apresentados atinjam R$ 300,00 (trezentos reais) o participante terá direito a um BRINDE.

9. Notas fiscais e/ou cupons fiscais poderão ser somados até que se atinja o valor de R$ 300,00 (trezentos reais) e seus múltiplos, em compras nas lojas participantes, para a troca prevista nesta promoção. No caso da soma não atingir o valor de R$ 300,00 (trezentos reais), o saldo remanescente será acumulado para utilização posterior em troca pelo BRINDE, considerando a troca limite por CPF prevista no item 4 deste regulamento e o período de realização desta promoção conforme o item 2 deste regulamento.

10. Não será permitida a realização da troca pelo BRINDE em nome de terceiros, mesmo que este representante apresente os documentos originais do titular da nota fiscal e/ou cupom fiscal.

11. Ficam os participantes, cientes, desde já, que o saldo remanescente acumulado, não poderá, em hipótese alguma, ser transferido e/ou dividido com outro participante, independente do grau de parentesco e/ou amizade. Da mesma forma, não será admitida, por força de legislação fiscal, a “divisão” de valores de notas fiscais entre participantes no ato da compra.

12. As notas fiscais e/ou cupons fiscais, apresentados no Balcão de Troca serão carimbadas pelos atendentes do Balcão e não poderão ser reapresentadas.

13. As notas fiscais e/ou cupons fiscais emitidos antes e/ou depois do período de realização desta promoção serão desconsiderados para efeitos de troca.

14. Não será admitida, para efeito de troca, nota (s) fiscal (is) e/ou cupom (ns) fiscal (is) ilegível (eis), rasurados ou que tenham quaisquer modificações, bem como a apresentação isolada de comprovante de compra de cartões de crédito ou débito, nem mesmo de faturas de cartão de crédito ou extrato bancário comprovando o débito, sem que haja a apresentação da respectiva nota fiscal e/ou cupom fiscal, comprovando que a compra foi realizada nas lojas participantes do Shopping Della.

15. Visando garantir a idoneidade da promoção, no caso de apresentação pelo participante de mais de 03 (três) notas ficais e/ou cupons fiscais de compras emitidos pela mesma loja, com numeração sequenciada ou não, contendo a mesma data de emissão ou, ainda, independentemente da data de emissão da nota fiscal e/ou cupom fiscal, assim como notas e/ou cupons fiscais que for (em) emitido (s) fora do horário de funcionamento do shopping, o mesmo se reserva o direito de consultar a loja emitente, antes de processar o registro dos valores no sistema. Em caso de confirmação de alguma irregularidade, as respectivas notas/cupons fiscais serão carimbadas e invalidadas para efeito de participação nesta promoção.

16. Por força do artigo 10 do Decreto 70.951/72, não terão validade para troca pelo BRINDE, as notas fiscais e/ou cupons fiscais decorrentes da compra dos seguintes produtos: medicamentos; armas e munições; explosivos; fogos de artifícios ou de estampido; bebidas alcoólicas e fumos e seus derivados.

17. Da mesma forma, não serão aceitos para participar desta promoção, comprovantes de serviços bancários e de operações de câmbio, além dos cupons fiscais obtidos em compras realizadas nos quiosques localizados no térreo do Shopping Della.

18. Caso ocorra o término dos 1.000 (hum mil) BRINDE antes do dia 12/05/2018, essa promoção será automaticamente encerrada.

19. Nesse caso, o encerramento da promoção será comunicado pelo Shopping no Balcão de Troca estando, e ainda, essa informação estará disponível no site www.shoppingdella.com.br e na Administração do Shopping.

20. Os brindes a serem distribuídos nessa promoção, não poderão ser convertidos em dinheiro, tampouco ser trocados por outro brinde e/ou produto.

21. O participante deverá verificar a integridade do BRINDE no momento do seu recebimento no Balcão de Troca e caso constate quaisquer irregularidades que venham a constituir vício do produto (BRINDE), o participante deverá solicitar a troca imediata do mesmo por outro em perfeitas condições. Após a entrega do brinde o Shopping Della não terá nenhuma responsabilidade para com os participantes, não sendo admitidas reclamações ou trocas posteriores.

22. Ao participar desta promoção, nos termos deste Regulamento, os participantes estarão automaticamente:

a) Autorizando, reconhecendo e aceitando que os dados pessoais e demais informações que porventura lhe sejam solicitados passam a ser de propriedade do Shopping Della que poderá utilizar tais dados para os fins necessários à adequada realização, divulgação e conclusão desta promoção; bem como para futuros contatos com os participantes.

b) Reconhecendo e aceitando expressamente que o Shopping Della não é responsável, nem poderá ser responsabilizado, por qualquer dano e/ou prejuízo oriundo da participação nesta promoção e/ou da eventual aceitação do brinde.

23. Os participantes dessa promoção autorizam, desde já, como consequência do recebimento do brinde, a utilização de seus nomes, imagens e sons de voz, pelo Shopping Della, em qualquer dos meios por este escolhido, para divulgação de promoções, pelo período de 03 (três) anos, contados do seu término, sem nenhum ônus ao Shopping Della.

24. Não poderão participar desta promoção os funcionários, lojistas, sócios diretores e prepostos, do Condomínio Shopping Center Della Giustina, da administradora do Shopping Della (Realengo Alimentos Ltda) e das lojas estabelecidas no Shopping Della, do CRMALL Sistema de Informação de Marketing. O banco de dados de tais pessoas estará disponível no Sistema CRMALL, para consulta.

25. As pessoas mencionadas acima, quando identificadas e que de alguma maneira manipularam, violaram ou fraudaram este regulamento para participar da promoção serão desclassificadas e não terão direito ao brinde.

26. Em caso de dúvidas o consumidor poderá entrar em contato com o Shopping Della através do e-mail shopping@shoppingdella.com.br

27. Este regulamento estará disponível no site www.shoppingdella.com.br e no Balcão de Troca da promoção, localizado no 1º Andar do Shopping Della, sendo que a participação nessa promoção implica na aceitação total e irrestrita de todos os seus termos e condições e serve como declaração de que o participante não tem qualquer impedimento para aderir a esta promoção.

28. O presente Regulamento poderá ser alterado e/ou a promoção suspensa ou cancelada, sem aviso prévio, por motivo de força maior ou por qualquer outro fator ou motivo imprevisto que esteja fora do controle do Shopping Della e que comprometa a promoção de forma a impedir ou modificar substancialmente a condução desta como originalmente planejada.

29. Esta promoção enquadra-se na modalidade comprou-ganhou, não implicando em qualquer tipo de concurso, sorteio, vale-brinde ou operações assemelhadas e a entrega do brinde independe de modalidade de sorte ou competição, não estando, portanto, sujeita à autorização prévia, conforme estabelecido na Lei Federal 5.768/71.

 

CONDOMÍNIO SHOPPING CENTER DELLA GIUSTINA

25 ABR 2018
Iza Luiza

Foi difícil vir para Criciúma com duas filhas pequenas sem conhecer ninguém. Nessa época eu ainda era casada.

Tempos depois pessoas da comunidade me falaram sobre um recém-nascido que precisava de uma família, pois os pais não tinham condições de criá-lo. Eu nem pensei duas vezes e o adotei. Com isso, ficou difícil sair para trabalhar fora e acabei montando uma creche domiciliar na minha própria casa, onde cuidava dos meus filhos e mais três crianças. Após dois anos acabei fechando a creche e voltei a trabalhar como manicure.

Depois de um tempo me divorciei e virei pai e mãe. Não tinha mais com quem dividir os problemas, questionamentos e responsabilidades. Me vi sozinha, com três filhos pequenos e contando com o apoio e solidariedade de amigos e vizinhos. Acabei fazendo o que achava certo. Para sustentar a família tive que procurar um emprego e, quando consegui, deixava as meninas mais velhas cuidando do meu caçula.

Fui a melhor mãe que eu pude, naquele momento, e com as condições que eu tinha.

Acho que errei muito, mas sempre tentando acertar e ser uma boa mãe. Tenho alguns arrependimentos, mas sei que todo o aprendizado foi essencial para a educação dos meus filhos. Sempre amei com desapego e os ensinei a serem independentes. Não quero que eles sofram se algo acontecer comigo, não acho justo. Sempre incentivei a buscarem seus espaços e que mesmo longe de mim, não sofressem, só tivessem uma saudade tranquila, sem apego.

Sou totalmente desapegada, amo meus filhos, cuido deles de longe e deixo que eles vivam as suas vidas. Sem cobranças, sem certo e errado. Quando tem desapego o amor é mais gostoso e meus filhos ficam livres.

 

25 ABR 2018
Helga

Vivíamos um momento de intensa felicidade no casamento, na carreira, em família e com os amigos. Tudo parecia perfeito, mas faltava alguma coisa e aos trinta e cinco anos senti uma vontade inexplicável de ser mãe.

Tentamos ter nosso filho de maneira natural, porém logo tivemos a notícia de que eu teria uma complicação e que naturalmente a gravidez não aconteceria. Foi então que partimos para o desafio da fertilização. Há quinze anos, existiam poucos médicos que faziam este procedimento o que o tornava muito caro, tentamos duas vezes e, como não deu certo, acabamos desistindo e foi neste momento que tivemos a percepção que, para ter um filho, não precisaríamos gerar, precisaríamos criar e amar. Partimos para os trâmites da adoção, com entrevistas, visitas e enfim estávamos na fila.

Com a documentação toda pronta, ficamos muito ansiosos para ter logo uma criança e acabamos compartilhando com muitos amigos e, em um belo dia, tivemos uma  surpresa, recebemos um bebê na porta da nossa casa, alguém imaginou que seria bem recebido. E foi, só que por pouco tempo, após quatro meses de convívio e felicidade, começaram as ligações de chantagem para devolvermos a criança ou pagar valores em dinheiro. Ficamos muito decepcionados e por instrução do advogado acabamos devolvendo a criança aos pais. Foi muito triste, acho que uma das maiores dores que já sentimos na vida!

Passados seis meses, houve uma nova perspectiva de ter uma criança, ficamos sabendo de um caso onde a mãe teria que doar a criança após o nascimento pois não teria como criá-la. Sentimos que poderia ser bom para nós duas, para a mãe, a qual resolveria seu problema imediatamente, e para nós também. Passamos a acompanhar a gravidez sempre de longe, sem fazer pressão e, logo após o nascimento, ela nos chamou, nos fez prometer que criaríamos o bebê de forma carinhosa e que faríamos dele uma pessoa educada, preparada para a vida, afinal, uma pessoa do bem.

Estávamos muito, mas muito felizes, e procuramos o juizado para registrá-la. Porém para nossa surpresa, não poderíamos ficar com a criança, pois ela teria que ir para um orfanato. Daí começou nossa aflição. Havíamos prometido para a mãe que nós cuidaríamos do bebê, e agora não podíamos fazê-lo. Resolvemos entrar na justiça para requerer a guarda, mostrar que fizemos tudo certo e que não teriam motivo para nos retirar o bebê. Porém, mesmo assim, a justiça insistia que durante o processo o bebê teria que ir para um orfanato.

Enquanto aguardávamos as notícias do advogado, fomos surpreendidos em casa por um oficial de justiça que queria levar a criança. Foquei apavorada e com ajuda de meu esposo, fugi para o apartamento de uma amiga com o bebê no colo. Meu marido despistou o oficial.

Foi então que bolamos um plano meio maluco, mas que seria a única chance de ficar com o nosso filho. Resolvemos sumir até acabar o processo. Desta forma, nós poderíamos ter nossa vida com o bebê desde os primeiros dias com  tranquilidade, que era o que precisávamos. Para a justiça, pode não ser importante, mas para nós, era tudo. Fiquei durante seis meses escondida, longe da nossa casa, da família, do trabalho e dos amigos, na casa de uma amiga que me ajudou muito. Foram dias muito tensos e incertos e o que me dava força era ver aquele serzinho tão frágil e tão importante.

Após seis meses de angústia, recebemos a notícia de que o juiz havia lido o processo e percebido que não havia motivos para negar a guarda. Após esta notícia, voltamos para nossa casa, desta vez sem medos, para começar uma história em família.

Hoje, passados quatorze anos, posso dizer que neste dia eu fui completamente feliz! Tudo valeu a pena, hoje, somos muito felizes. Afirmo que pensamos que faríamos um bem a uma criança, mas quem nos faz muito bem mesmo, é ele. 

Te amamos filho!!!